Dicas e truques: Pasta americana

Dicas e truques: Pasta americana
Tudo o que você precisa saber antes de trabalhar com pasta americana, passo-a-passo.

Umidade:

A pasta americana não suporta umidade, por isso, não pode ir à geladeira. Também não pode ser usada sobre coberturas geladas ou que dessoram.

Ingredientes:

Use ingredientes de boa qualidade.
Use medidas padronizadas, se a receita pedir uma colher de sopa de glucose, por exemplo, não coloque a menos e nem cheia demais.

Água:

Ao preparar a pasta americana, não coloque água a mais nem a menos que o indicado na receita. Se colocar menos, ela ficará seca, se for mais, vai requerer mais açúcar e a distribuição dos outros ingredientes ficará desigual.

Margarina:

Dê preferência à margarina culinária, ou alguma com alto teor de lipídeos.
Ao utilizar a margarina, é preferível que ela esteja em temperatura ambiente.

Gelatina:

A gelatina deve ser sem cor e sem sabor.
Ao hidratar e aquecer a gelatina, faça-o conforme as instruções da embalagem: Hidrate-a em água, deixe descansar por alguns minutos, coloque sobre uma vasilha com água fria e leve para aquecer em banho-maria. Não coloque a gelatina hidratada sobre o banho-maria já aquecido.

Glucose:

A glucose branca, por ser mais densa, é a mais indicada para se preparar a pasta americana, o produto chamado "Karo" é impróprio para esse fim.

Essência:

Use essências neutras, como a de baunilha, para não anular o sabor do bolo, ou então combine a essência com a massa do bolo.
A melhor essência para pasta americana é a de amêndoas.

Açúcar impalpável:

Não coloque outro tipo de açúcar, como o de confeiteiro, por exemplo, pois a consistência é diferente.
A quantidade de açúcar impalpável varia de acordo com a receita, os outros ingredientes, a umidade do dia, etc.
Não coloque todo o açúcar pedido na receita de uma vez, vá colocando pequenas quantidades para não correr o risco de colocar açúcar demais e a massa ficar seca.

Ponto da pasta americana:

Para atingir o ponto da pasta, comece colocando um pouco de açúcar, sove um pouco, junte mais um pouco de açúcar e sove mais um pouco, até que não esteja mais grudando nas mãos e as marcas dos dedos permaneça na massa.
Quanto mais a massa da pasta americana for sovada, mais macia e elástica ela se tornará.

Corantes:

Após 5 minutos de descanso da pasta, as cores fortes tendem a ficar mais vivas, por isso, deixe a massa de pasta americana coberta com um plástico por alguns minutos antes de acrescentar mais cor.
Para colorir a pasta americana pode-se utilizar corante comestível em gel, líquido e em pó.
A coloração com corantes em gel é a mais eficaz. Pelo fato do corante em gel ser mais concentrado. Aconselha-se colocar pequenas quantidades de cada vez e fazer com que se agregue totalmente à massa antes de acrescentar mais, tenha cuidado maior ainda com as cores claras, pois pode ficar mais escuro que o desejado. Para usar o corante em gel, molhe a ponta de um palito de dentes no corante, passe em pontos diferentes da massa e sove bem até incorporar todo o gel. Repita esse processo até obter a cor desejada.
O corante líquido pode ser usado apenas com aparelhos próprios para tingimento, chamados de aerógrafos.
O corante em pó não se incorpora à massa da pasta americana e não se dilui na água, por isso, deve ser diluído em álcool de cereais ou outra bebida branca que contenha álcool e aplicado com pincel.
Depois de coloridos, a pasta americana e o glacê real não devem ficar expostos à luz, pois podem desbotar.

Uso:

Quando acabar de preparar a pasta americana, ela tem de ser utilizada imediatamente, pois seca em menos de 30 minutos. Enquanto trabalha com a pasta, mantenha as partes em que não estiver trabalhando e as sobras, cobertas com plástico até o momento de utilizar, para retardar um pouco o processo de secagem.

Antes de cobrir:

Para cobrir o bolo com pasta americana, nivele totalmente a superfície dele, pois se tiver imperfeições, ela ficará aparecendo sob a pasta.
Uma maneira de deixar o bolo niveladinho é fazê-lo de véspera, recheá-lo, colocá-lo novamente dentro da fôrma e prensá-lo com uma tábua em cima e um peso.

Como cobrir o bolo com pasta americana:

Para que a massa de pasta americana não quebre ao ser colocada sobre o bolo e para dar uma boa sustentação à decoração, abra-a com uma espessura de no mínimo 5mm.
Use um rolo longo para abrir a massa, para não deixar marcas.
Abra a pasta de um tamanho que dê para cobrir o bolo, enrole-a no rolo e desenrole-a sobre o bolo.
Vá alisando com cuidado as beiradas da pasta sobre o bolo, sem fazer dobras e corte os excessos de pasta.
Alise a superfície da pasta americana com uma desempenadeira plástica para que ela fique sem furos, dobras ou falhas.
Se houverem pequenas rachaduras na pasta americana já disposta sobre o bolo, esfregue delicadamente com a ponta dos dedos para desfazê-las. Se persistirem, repita o mesmo procedimento com os dedos levemente untados com margarina culinária.
Depois que o bolo foi coberto com pasta americana, não pode mais ser armazenado em geladeira, pois a pasta umedece e estraga.

Cola:

Antes de colocar a pasta americana no bolo, passe por todo ele uma fina camada de glacê real, geleia, creme de manteiga com açúcar ou doce de leite pastoso, para que a pasta possa se aderir melhor
Use um pincel umedecido com uma pequena quantidade de água para colar decorações frescas feitas com pasta americana sobre um bolo também feito com pasta americana. Se a decoração estiver seca, cole com glacê real.
Outa opção de cola:
Misture 1 colher (café) rasa de CMC com 1 colher (chá) de açúcar de confeiteiro. Junte 100ml de água, mexa até dissolver e deixe descansar por meia hora.

Armazenamento:

Se sobrar pasta, guarde em saco plástico bem fechado, em local seco e fresco, tendo o cuidado para que não receba umidade. Ela tem durabilidade de aproximadamente 1 a 2 meses.
Embora não seja recomendado, se preferir guardar em geladeira, coloque em um saco bem fechado dentro de um vidro hermeticamente fechado.

Reutilização:

Quando for reutilizar a pasta que foi feita anteriormente, coloque-a no microondas por 3 a 6 segundos com 1/2 colher (café) da margarina que foi usada para confeccioná-la e sove bem durante 5 minutos. Se ela ainda estiver seca, repita este processo até que ela volte a ter a textura elástica, própria para ser trabalhada.

Dica:

Quando não for usar a pasta americana imediatamente, faça-a com a metade da quantidade de açúcar recomendado e guarde na geladeira em um saco plástico bem fechado dentro de um recipiente hermeticamente fechado. Quando for utilizá-la, retire-a da geladeira e espere ficar em temperatura ambiente. Vá acrescentando o restante do açúcar até dar o ponto.