Tudo sobre o chá verde

Chá-verde
O chá verde legítimo é aquele elaborado a partir de folhas da planta Camellia sinensis. No mercado existem diversos chás rotulados como “chá verde”, porém o fato de ser chá e ser verde não significa que seja feito com folhas da planta Camellia sinensis. Certifique-se disso antes de comprar e/ou tomar.

As propriedades medicinais do chá verde são de conhecimento milenar, especialmente seu efeito estimulante. Atualmente a ciência está comprovando suas propriedades terapêuticas e cosméticas.

Antes restrito às lojas de produtos naturais, hoje o chá verde é facilmente encontrado nos supermercados.

Benefícios:


Estimulante:

O chá verde é rico em substâncias que ativam o sistema nervoso central, aliviando o cansaço e melhorando a disposição física.

Previne o câncer:

Estudos mostram que o chá verde é rico em substâncias antioxidantes, que ajudam a neutralizar os radicais livres, auxiliando no combate ao câncer e ao envelhecimento precoce. O chá verde tem efeito preventivo em vários tipos de câncer, como esôfago, mama, pulmão, estômago, rins, bexiga, pele e próstata.

Ajuda o coração e a circulação:

O chá verde também é rico em tanino, que faz diminuir as taxas do LDL (colesterol ruim) e fortalece as artérias e veias, ajudando na prevenção de doenças cardíacas e circulatórias e melhorando a circulação.

Emagrecedor:

O chá verde acelera o metabolismo do corpo, ajuda a queimar gordura e calorias mais rápido, auxiliando a perder peso de maneira saudável. Por ser diurético, ajuda a diminuir a retenção de líquidos no organismo.

Facilita a digestão:

As substâncias do chá verde agem na digestão de gorduras, mantém o equilíbrio da flora intestinal e diminuem os riscos de gastrites e diarréias.

Aumenta a resistência:

Se consumido com frequência, o chá verde age de modo eficiente contra gripes e resfriados, fortalecendo a resistência do organismo.

Ameniza os sintomas da asma:

As substâncias do chá verde ajudam a dilatar os brônquios, melhorando a respiração e aliviando os sintomas da asma.

Fortalece os ossos:

O chá verde fornece uma boa quantidade de minerais ao organismo, ajudando a aumentar a densidade óssea.


Saquinho e cápsulas:


  • O chá verde industrializado vendido em saquinhos, traz várias partes da planta, como folhas e talos, isso diminui a concentração dos princípios ativos. Prefira usar as folhas frescas ou secas compradas em casas de produtos naturais.
  •  A cápsula costuma ter uma dose muito alta do princípio ativo. Isso pode interferir na qualidade do sono e na pressão arterial. Portanto, só deve ser usada se houver a indicação de um profissional de sua confiança.


Consumo diário:

O consumo diário recomendado é de no máximo 3 xícaras (chá) de chá verde (600ml). Antes de ser consumido para alguma finalidade específica, deve-se consultar um médico para conhecer as quantidades indicadas para cada caso.

Como preparar:


  • Para cada xícara (chá) de água, utilize 1 colher (chá) de folhas de chá verde. Aqueça a água apenas até aparecerem as primeiras bolhas. Desligue o fogo, acrescente o chá, tampe e deixe descansar por 3 minutos. Coe e beba sem adoçar.
  • Aconselha-se beber o chá sem qualquer tipo de adoçante ou açúcar. Porém, se for adoçado, use uma quantidade pequena de mel (uma colher de chá) ou de estévia. Açúcar e adoçantes químicos diminuem a eficácia das propriedades terapêuticas do chá.
  • O chá verde pode ser combinado com cidreira, hortelã, erva-doce, casca de frutas (abacaxi ou manga) ou maçã seca para suavizar o sabor amargo, sem interferir em seus efeitos terapêuticos.
  • É possível usar o chá verde em receitas. Prepare um litro de chá e use para fazer arroz, cozinhar legumes, refogar alimentos, bater sucos, etc.


Como armazenar:


  • Mesmo conservado na geladeira, o chá deve ser consumido em menos de 24 horas depois de pronto.
  • O chá verde deve ser armazenado em local seco, fechado e ao abrigo da luz.


Contra-indicações:


  • Mulheres grávidas e crianças devem evitar o consumo do chá verde, pois ele contém substâncias que podem dificultar a absorção de alguns minerais pelo organismo, como o ferro, por exemplo, podendo causar anemia.
  • Em pessoas sensíveis, o chá verde pode causar agitação ou alergia. Para pessoas hipertensas, com inflamação dos rins, glaucoma, problemas no estômago, algumas doenças psiquiátricas, diabéticos e dependentes químicos, o chá verde não é recomendado.
  • É aconselhável às pessoas que estejam fazendo uso de algum medicamento, consultar um médico antes de tomar o chá verde.