Dicas e truques: Quibes

Dicas e truques: Quibes
• Deixe o trigo para quibe de molho pelo menos 20 minutos antes de misturar com os outros ingredientes, pois ele precisa ser hidratado. Depois de hidratado, pegue punhados com as mãos e aperte bem, até sair todo excesso de água, o trigo deve ficar apenas úmido.

• A melhor carne para quibe é o patinho.

• Para os 3 tipos de quibe (cru, assado e frito) normalmente a quantidade é 1 quilo de carne para 700g de trigo já hidratado.

• Se tiver moedor em casa, passe a mistura do quibe pelo moedor 2 ou 3 vezes, se não tiver moedor misture e amasse bem com as mãos para que a mistura fique bem homogeneizada.

• Mantenha sempre água gelada do lado e de tempos em tempos molhe as mãos e coloque um pouquinho de água na mistura, para manter a carne sempre hidratada, pois ela vai ressecando à medida que é trabalhada.

• Para fazer o quibe cru, é preciso manter a carne vermelhinha. O patinho para estar sempre vermelho, precisa ser moído partindo de uma carne congelada, se não tiver a carne congelada, moa (ou leve para o açougueiro moer) com pedras de gelo junto, senão o contato com as paredes da máquina de moer vai esquentar a carne e ela vai escurecer.

• Para manter a carne vermelhinha para o quibe cru enquanto trabalha com ela, trabalhe a massa com uma vasilha de água gelada com pedras de gelo junto ao lado. Molhe sempre a mão nessa vasilha para que o calor de sua mão não escureça a carne.



• Não moa cebola junto com carne para o quibe cru, ela vai fazer com que a carne escureça. Também não coloque a pimenta síria quando for misturar, ela é escura e tende a escurecer a carne, apenas salpique sobre o quibe pronto já no prato de servir. Portanto para o quibe cru, misture apenas sal, carne e trigo. Todos os outros temperos virão como acompanhamento depois. Depois de pronto, marque o kibe (apenas faça leves cortes na superfície com uma faca). Sirva com porções de cebola como acompanhamento e raminhos de hortelã para enfeitar. Por cima do quibe coloque cebolinha picada, azeite e salpique pimenta síria, se desejar.

• Para o quibe de tabuleiro, misture a carne com o quibe, coloque os temperos a seu gosto, pegue porções da massa, faça placas de carne com as mãos e vá moldando em uma assadeira untada (molhando sempre as mãos em água fria misturada com azeite), deixando meio dedo ou um pouco mais de meio dedo de espessura. Depois que encher o fundo da assadeira, molde as placas para que fique uma placa inteiriça (sempre hidratando as mãos na água com azeite).
Coloque o recheio e faça o mesmo procedimento para cobrir: Coloque as placas de carne, umedeça com a água com azeite e trabalhe, moldando as placas. Além de moldar pressione um pouco para que o quibe não abra quando for servido.

• Marque o quibe em quadrados ou losangos com uma faca, depois corte onde foi marcado.

• Coloque pedaços de manteiga em temperatura ambiente por cima para que o quibe não resseque na hora de assar. Leve ao forno bem quente por 10 a 15 minutos.

• Para o quibe de tabuleiro e o quibe frito o recheio pode ser apenas carne moída frita e refogada com cebola, pimenta síria, hortelã e cebolinha picada.

• Para o quibe frito, não é bom colocar cebola na massa pois na hora de fritar, a cebola se desmancha em água e cria um buraco no quibe por onde entra óleo e estraga o quibe. Coloque cebola apenas no recheio.

• Para moldar o quibe frito recheado, faça uma bolinha de carne (sempre molhando a mão numa mistura de água com azeite), com uma mão segure a bolinha e vá girando em uma direção, vá introduzindo o dedo indicador (molhado na água com azeite) da outra mão na bolinha e girando em sentido oposto, pressionando a parede lateral do quibe entre a mão e o dedo e afinando o quibe.

• Coloque pouco recheio, ele deve ficar solto dentro do quibe, feche e molde o quibe.

• Frite em óleo bem quente até dourar. Retire e escorra em papel absorvente.